Fly Company Escola de Aviação Civil
(67) 3321-2301 - contato@flycompany.com.br
  • Entendemos o momento de crise, por isto aumentamos para 8x o parcelamento dos cursos.

  • 19 Anos formando alunos com qualidade

  • Teste seus conhecimentos fazendo os simulados no site da Fly Company, estamos inserindo mais questões.

  • Alunos Formados na Fly Company tem o reconhecimento no mercado de trabalho, os resultados comprovam!

  • Nossa aprovação na ANAC em mais de 80%. Parabéns a toda equipe e aos alunos pela dedicação.

Campo Grande,
Área RestritaLogin: Senha:
  
Galeria de Imagens
Artigos - Psicologia

Psicologia


05/06/07, 08:56

 

A presença da Psicologia em diferentes setores da atividade humana vem se tornando cada vez mais evidente e necessária. No caso particular da Psicologia aplicada à área da aviação os primeiros usos dos conhecimentos se fizeram sentir por ocasião da seleção de pilotos para a II Guerra Mundial.

Os avanços tecnológicos e a inserção de dispositivos de automação nas aeronaves e em outros postos de trabalho correlatos trouxeram uma outra preocupação: a participação do erro humano nos incidentes e acidentes aéreos. Não seria necessário citar aqui a estatística que atribui ao fator humano a causa, ou parte da causa de 70 a 80% dos acidentes aeronautas. Foi para melhor entender esse fenômeno que a Psicologia muito tem contribuído, juntamente com outras ciências, na formação de um corpo de conhecimento interdisciplinar para auxiliar a indústria aeronáutica.

Uma outra aplicação da psicologia na área da aviação é em resposta direta à norma da ANAC que recomenda que as empresas aéreas tenham uma equipe preparada para atuar em situações de emergência relacionadas a desastres, traumas e luto traumático, prestando assistência a família dos passageiros vitimados em desastres aéreos, o Brasil é o segundo pais do mundo a ter uma medida nesse sentido, sendo o primeiro os EUA. Essa equipe deve oferecer atendimento psicológico especializado para situações de crise, catástrofe, emergências e luto, nos diferentes âmbitos de necessidade dos envolvidos, visado uma ação preventiva em situações de estresse pós-traumático e de luto traumático.

A experiência mostra que por mais que se escrevam e leiam manuais e se apliquem regras, se não houver características humanas e pessoais, então se tratará apenas da execução de mais uma tarefa, que até pode ser corretamente realizada mas no entanto não terá alma e sem alma não há fator humano que possa se manifestar.



 

Autor: Carolina Farnese - Psicóloga da Fly Company
Página IncialEnviar por e-mailImprimirVoltar
Busca no Site


Área do Aluno
Fly Company Escola de Aviação Civil © FlyCompany Todos os direitos reservados.
Rua 15 de Novembro, 1.010 - Centro CEP 79002-141 - Campo Grande MS
55 (67) 3321-2301 / 9263-8340 / 8178-9083 / 9997-8341 / contato@flycompany.com.br
Home - Sobre a Fly Company - cursos- Simuladores de Vôo - Galeria de Fotos - Notícias - Artigos - Fórum - Meteorologia - Contato - Depoimentos - Cadastre-se - Colunistas - Galeria de fotos